Técnicas Americanas de Interpretação para TV e Cinema

Grupo de Estudos

Ao explorar técnicas de Lee Strasberg (criador do famoso “Método” do Actor’s Studio de Nova Iorque), Stella Adler, Uta Hagen e Meisner, os atores são estimulados a “viver” em cena, ao invés de “atuar”.

No grupo de estudos, além de aprender e aprofundar as técnicas acima, os atores também passam a praticá-las abordando cenas de novelas Brasileiras, filmes e séries internacionais. 

descontos exclusivos

Descontos em aulas particulares e coaching

Mês a mês

Sem contrato e flexível

CONSULTORIA

20 minutos de Consultoria Online Inclusos no Primeiro Mês

set de filmagem

grupo
presencial

  • Máximo de 8 atores por turma.

  • 2 horas de aula por encontro. 

  • Quatro encontros mensais.

  • Técnicas de Análise de texto.

  • Estudo aprofundado de cena. (As cenas são gravadas e disponibilizadas aos alunos para que possam revisar seu trabalho e evolução).

  • Estudo de criação de personagem.

  • O aluno deverá ter o mínimo de comprometimento de dois meses.

  • Para reservar vaga no grupo nos meses seguintes o aluno deverá efetuar o pagamento do próximo mês até o último encontro do mês corrente.

grupo online

  • Máximo de 10 atores por turma.

  • 2 horas de aula por encontro. 

  • Quatro encontros mensais.

  • Técnicas de Análise de texto.

  • Estudo aprofundado de cena. (As cenas são gravadas e disponibilizadas aos alunos para que possam revisar seu trabalho e evolução).

  • Estudo de criação de personagem.

  • Mês a mês: para reservar vaga no mês seguinte o aluno deverá efetuar o pagamento do novo mês antes do último encontro do mês corrente.

  • Aulas via Zoom.

Espaço de Trabalho
WhatsApp Image 2021-12-20 at 6.27.45 PM.jpeg

Carolina Amaral
Atriz
("O Coro" - Série da Disney+)

As aulas são irretocáveis. Eu sinto que hoje, depois de um ano estudando as técnicas, consigo me conectar muito mais com as circunstâncias da cena. Vejo isso em todos os alunos também, como todos crescem a cada aula com o ensino preciso do Velson.

Além de muito conhecimento, ele possui uma sensibilidade ímpar para direcionar os atores a caminhos que entregam como produto final uma cena com muita verdade e entrega. Sem dúvidas, depois de muito estudo na minha carreira, é a aula que mais me fez crescer e mais deu resultado no meu trabalho.

WhatsApp Image 2021-12-20 at 5.42.35 PM.jpeg

Carlos Marques
Escritor
(Carrossel, Aventuras de Poliana, Poliana Moça)

As técnicas americanas de interpretação para TV e cinema usadas pelo ator e professor Velson D'Souza são cirúrgicas. Com o método usado em aula ele consegue elevar a atuação da atriz e do ator em cena ao seu potencial máximo. A cena fica mais rica, com mais vida, com mais verdade e com mais emoção que é o que a audiência quer assistir na tela grande ou pequena. Recomendo muito o grupo de estudos, tanto para iniciantes na arte de interpretar como para atores profissionais. Além do mais, Velson tem uma ótima didática para conduzir suas aulas.

WhatsApp Image 2021-12-21 at 3.36.39 PM.jpeg

Paula Flaibann
Atriz
(Musical "Silvio Santos Vem Aí")

As técnicas geram resultados muito eficazes pois, através delas, o ator chega aos estados emocionais necessários para atingir o objetivo do personagem na cena. Consequentemente esse estudo traz mais segurança e eficácia ao trabalho do ator, que entende quais são os caminhos para criar relações críveis com os outros personagens, e assim resultar com assertividade os objetivos da cena trabalhada.

depoimentos

+ Informações

Obrigado!

Velson.jpg

Velson D'Souza

     Ator, roteirista, produtor, e diretor formado em Cinema pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e no Mestrado em Interpretação pela The New School for Drama (antigo Actor's Studio) em Nova Iorque, onde passaram atores como Marlon Brando, James Dean, Robert De Niro, Al Pacino, Bradley Cooper, entre outros. 

     Velson realizou trabalhos em Cinema, Televisão e Teatro tanto no Brasil como nos Estados Unidos, onde é sócio-fundador da BraZA Productions, produtora baseada em Nova Iorque e Los Angeles.  Escreveu, dirigiu e produziu o curta-metragem "Annie", vencedor do prêmio de melhor filme do Berlin Flash Film Festival e Semi-finalista do Los Angeles CineFest. Dirigiu e produziu o curta-metragem "Jennifer" gravado em Los Angeles. Foi co-fundador e parte do júri do concurso anual de roteiro "Blue Draft Screenwriting Contest", um concurso que recebia roteiros de filmes e séries do mundo inteiro e premiava o vencedor com um contrato de produção cinematográfica. Produziu também a antologia cinematográfica "Fear Anthology", e o curta-metragem "Therapy", seleção oficial dos festivais HollyShorts, New York Short Film Festival, Miami Independent Film Festival, Berlin Flash Film Festival e Top Indie Film Awards, no qual foi vencedor do prêmio de melhor roteiro. Foi crítico de cinema para o Jornal OPEN, distribuído pelo Estado de S. Paulo durante o ano de 2007. Velson trabalha como “acting coach” nos Estados Unidos desde 2014, e, no Brasil, deu cursos abordando Técnicas Americanas de Interpretação no Estúdio Broadway e na escola Five School of Arts, ambas em São Paulo. No Teatro, Velson produziu os espetáculos “O Colecionador” de John Fowles e Mark Healy, o espetáculo Italiano “Dois Irmãos” de Fausto Paravidino, o musical “A Sessão da Tarde Remix”, e o projeto de comemoração de 10 anos da Companhia de Teatro Rock “Na Garagem” realizado no ano de 2011 no Centro Cultural São Paulo. O projeto envolveu a realização de 3 espetáculos de teatro produzidos do zero, uma exposição fotográfica com os 10 anos da Cia. de Teatro Rock, e um curso de Teatro Musical para jovens atores e teve duração de 10 meses.

     Como ator, trabalhou em quatro longa-metragens Americanos e na série da Netflix "Master of None" ao lado do comediante Aziz Ansari. No teatro Americano, teve papéis de destaque em três espetáculos Off-Broadway, incluindo "A Gaivota" de Tchekhov, dirigido por Elinor Renfield, e “As You Like It” de Shakespeare dirigido por Stephen Brown-Fried, e fez parte da leitura do texto teatral "This is our Youth" de Kenneth Lonergan, ao lado do ator Mark Ruffalo. No Brasil, atuou em mais de trinta espetáculos teatrais, incluindo três espetáculos de Shakespeare, Commedia Dell’arte, e musicais, e trabalhou nas novelas "Cidadão Brasileiro" da Record, "Cristal", "Revelação" e "Vende-se um Véu de Noiva", todas do SBT. Atualmente, está de volta ao Brasil para viver o papel de Silvio Santos no musical "Silvio Santos Vem Aí", e é produtor executivo, diretor, roteirista e editor da série "Home Office” da Amazon Prime e que conta com grandes nomes do teatro musical Brasileiro.